domingo, 25 de novembro de 2012

Páginas em branco**



O dia começou com trabalho pra edificar a vida de um homem, não estava nos planos sair mais cedo pra poder curtir meu momento único com a natureza. Filho de Oxóssi, fui me encontrar com águas de Iemanjá, momento de pura reflexão sobre tudo que as pessoas não dão valor.

40% de mim é você*



E quem iria dizer que eu que sempre odiei Português, História ou qualquer coisa relacionada a área de Humanas, poderia querer escrever, fazer textos misturar poemas e virar leitor assíduo.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Sabedora de mim e do meu lugar nesse mundo



Porque dia de consciência é todo dia, fundamentalmente consciência do que se é e o que se pretende ser.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Agradecendo o presente de alma e coração


Escrever é um dos meus grandes prazeres, assim como dançar, ler, trabalhar e comer uvas passas brancas. São pequenos momentos que fazem minha vida inteira valer a pena, dão sentido aos dias, às noites, a todo o tempo em que me proponho a continuar lutando por uma vida melhor, a minha e dos meus.

BRINCANDO COM OS POEMAS*



Em certo momento fazendo a coisa mais errada do mundo e outro curtindo deixando o coração e a vontade de te ter falar mais alto.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Momento ruim, ajuda maior



O momento é delicado, sofrido, tenso.
Cada pedaço de mim se arrasta todas as manhãs, porque a missão ficou pesada de cumprir.
Eu fiquei pesada.
Mas não quero pensar agora. Analisar o que está por vir, da forma inexata que se mostra, me custa muito mais do que apenas vive-la.